Que tal fazer um…

“aff, mas detox é aquela bebida, é a pira de ficar sem comer, é tomar suco verde… é dieta!”

Não! Você pode ter pensado nisso mas não é! Aqui é detox de roupa, de sapato, de coisas no seu guarda-roupa que você nem sabe que tem, (mas tem, ô se tem…) e que pode ser mais útil para outra pessoa, já pensou nisso? E nem digo de doar, se não for o caso, mas assim, para a sua irmã, seu primo, a ajudante em casa, sua afilhada… n pessoas, ou até mesmo para você usar mais suas próprias coisas.

Antes de pensar “aff, eu uso tudo, gosto de tudo, tenho bastante sim, me deixa!” ou “aff quer deixar meu guarda-roupa vazio?” e parar de ler, dê uma chance, não precisa seguir a risca tudo o que está aqui, adapte o que faz sentido para você!

Eu tinha consideravelmente bastante roupa, bastante coisa, treco, caneta, adesivo, cadernos, livros, sapatos, revista, bastante de tudo. Até algumas coisas começarem a acontecer na minha vida. Mudança de vida, construção de caráter, definição de personalidade, acho que posso chamar assim. Mas não vou colocar a culpa na mudança de sair do Brasil para ir para a França e agora Cingapura, nem na viagem para a India, nem os cursos de autoconhecimento que fiz, mudança de profissão, ambiente, afinal, foi um pouco de tudo.. Mas será que você nunca passou pela mesma coisa que eu? E aqui estão alguns exemplos de momentos com os quais você pode se identificar:
1- fui pegar minhas canetas Stabilo e a maioria estava meio seca. Porque? Por que era trouxona né! Não usava e ficava guardando pra uma ocasião especial, só para fazer o título no caderno da escola, faculdade, da pós e assim foi, por comodismo, hábito.. Daí eu te pergunto, de que adiantou ficar guardando, pra estragar? Claro, eram as canetas mais caras (e não ficaram baratas hoje em dia), mas uma vez que você tem alguma coisa, é legal usar para usar mesmo, como a palavra diz, dar alguma função para e isso vale não só para canetas, isso vale para tudo no seu armário e na sua vida!

Mesma coisa com ficar guardando roupa! Pelo amor, sim, ok, algumas roupas são para usar em ocasiões mais especiais, afinal, tudo depende do lugar também né, não cabe usar um vestido de casamento em um churrasco! Mas assim, tenho roupas que são meio termo que ficava guardando pra um momento x mais chiquinho, mas sempre acabava usando as mesmas roupas.. pra que? pra mofar, estragar, pra passar o tempo e eu não gostar mais daquilo e acabar tendo que me desapegar de coisa nova, vê se pode! E outra,

2- ficar guardando roupa pensando que vai emagrecer ou engordar! A não ser que você realmente esteja com um foco muito forte em mudar de peso, não acho que adiante, falo por experiência própria. Agora emagreci bem, mas eu estava guardando uma calça linda de quando eu tinha 16 anos (sim, guardei mesmo), achando que ia voltar mas não fiz um MEGA ESFORÇO para isso também e nisso ela ficou la, por quase 10 anos até eu decidir passar adiante. Você pode guardar uma peça ou outra até pode ser, mas é aquela velha história, toda vez que você for fazer aquela limpa, vai ficar só postergando o dia em que essas roupas vão sair do seu armário!

3- Guarde experiências, não coisas! Claro, fácil falar.. eu ouvia isso antes e pensava “meu, eu quero guardar coisas, quero ter coisas, me sinto bem” mas eu estava em um momento da minha vida que aquilo parecia que enchia a minha vida, no sentido de completar, por que era legal ter 243566 opções de botas, 210895085 opções de calças, 14362309 opções de blusas.. mas daí eu comecei a mudar e acho que com o tempo a gente vai se moldando, tem gente que tem 70 anos e o prazer é comprar, tem gente que não pode ter esse luxo, tem gente que é desapegada e não compra mais nada e já deu tudo, ficando com um armário bem enxuto e assim vai… Então eu acho que se pra você, no fim do dia, fizer sentido ter muitas coisas, beleza, só acho legal realmente dar uma utilidade para as suas coisas ou abrir mais espaço na sua vida para que outras coisas entrem, tipo pessoas, sabe? Quando a gente recicla amizade, namorado, essas coisas que não fazem mais sentido? hahahah não me julguem, comparei de leves mas é verdade, a gente muda, o nosso gosto muda e com isso vamos adaptando nossa vida, amizades, roupas, comidas, tuuuuuudo e óbvio, no fim da vida a gente vai embora sem nada mas guarda tudo no coração!

4- Organizar da forma que você acha melhor! Não, isso não quer dizer deixar bagunça hahaha! Absorva tudo o que as pessoas falam, claro, como organizadora pessoal também posso falar, afinal, isso faz parte da minha profissão, mas eu conheço a pessoa antes de começar a mexer em tudo, então adapte o guarda-roupa ao seu dia a dia, ou seja, se você troca bastante de bolsa/mala, talvez seja melhor para você, que essas coisas fiquem mais acessíveis do que outras coisas x que não usa tanto. Se você usa mais salto alto no dia a dia, deixe eles mais para frente, mais fácil para literalmente facilitar o seu dia, mas se não usa tanto, pode deixar mais guardado em caixas de uma forma que eles conservem melhor.

5- Poderia falar um milhão de outras dicas mas eu acho que é interessante começar por essas. Não é fácil não desapegar, principalmente se a gente tem apego emocional de que “ah, minha madrinha que me deu esse quando eu fiz 15 anos”, “ah, esse chinelo meu tio usou quando chutou a bola da copa do mundo”, mas algumas coisas a gente pode ter um espaço especial no coração e lembrar pra sempre. Ahhhhh lembrei de um exemplo genial! Esses dias postei foto no instagram de uma camiseta toda assinada, era da minha escolinha na 5ª série acho, que meus amiguinhos assinaram, mas assim, 1º nem falo com mais da metade, 2º não vou usar mais, 3º a melhor ideia da vida foi tirar fotos, afinal, fotos são registros de momentos que queremos guardar para sempre!! Então essa é a idéia, você pode tirar fotos das coisas x e guardar com você de outra forma!

Bora fazer o detox então? Dar AQUELA mexida no seu guarda-roupa? Chamar azamiga e fazer bazar, chamar a mãe que tem um olho mais crítico pra te dizer o que já não da mais, chamar o amor para dar uma opinião com outros olhos ou fazer na sua mesmo, no seu tempo.. desliga o Domingão do Faustão essa semana, liga um Spotify e #sóvai.

Espero ter trazido um pouco mais de ideia e conforto para o seu ♡!

Author: Cris Jacomél

Consultora de Imagem, formada também em Administração e Marketing.
Decidi mudar um pouco o rumo da minha profissão e ir em busca do que realmente amo, do meu propósito, ajudar as pessoas a enxergarem sua beleza interior e exterior.
Faço isso através do blog e das minhas consultorias online.